Estúdio F

Quarta-feira, às 9h e às 21h
Domingo, às 13h

Estúdio F 
 Dolores Duran: o cotidiano a dois

Dolores Duran: o cotidiano a dois

Ela é a primeira grande compositora brasileira desde Chiquinha Gonzaga. Também foi uma das três cantoras que mais influenciou a bossa nova, ao lado da Maysa e Sílvia Telles.

Pilantragem 
 Wilson Simonal: qualidade e popularidade

Wilson Simonal: qualidade e popularidade

Ele foi o cantor que sabia escolher o repertório, escalar os músicos e se comunicar com a plateia como nenhum outro em seu tempo. Foi também o primeiro artista negro a comandar um programa de televisão.

Estúdio F 
 Altemar Dutra

Altemar Dutra

Um painel da carreira do trovador que cantou em toda a América Latina, além de seus registros menos conhecidos assinados por Osvaldo Montenegro, Tito Madi e Roberto Carlos.

Estúdio F 
 Roberto Ribeiro, do futebol ao samba

Roberto Ribeiro, do futebol ao samba

Estúdio F 
 Fazendo música, fazendo manha: Marina Lima

Fazendo música, fazendo manha: Marina Lima

Os primeiros sucessos, a parceria com o irmão Antonio Cícero, a intérprete, e o diálogo com a música eletrônica. Edição inclui 'Fullgás', 'Uma noite e meia' e 'Grávida'.

Estúdio F 
 Jovelina Pérola Negra

Jovelina Pérola Negra

Esta baiana do Império Serrano foi descoberta aos 40 anos de idade quando cantava em bares. Mais tarde foi considerada a grande voz feminina do pagode.

Estúdio F 
 Flora Purim: nada de Sarah ou Ella

Flora Purim: nada de Sarah ou Ella

A trajetória da artista que deixou de lado os becos engarrafados do Rio e de São Paulo para se tornar uma cantora de jazz à sua moda.

Estúdio F 
 Clementina de Jesus

Clementina de Jesus

Descoberta por Herminio Bello de Carvalho, ela foi empregada doméstica que entoava pontos, incelenças, cantos de trabalho e lundus

Estúdio F 
Fafá de Belém, das matas de tamba-tajá

Fafá de Belém, das matas de tamba-tajá

Um resumo da cantora que, aos 12 anos, surpreendeu parentes e amigos cantou afinadamente o clássico “Eu e a brisa”, de Johnny Alf.