Alberto Ribeiro

O médico das marchinhas carnavalescas.

Eduardo Weber 03/03/20 16:53 - Atualizado em 03/03/20 16:55

Alberto Ribeiro (Divulgação)

Ele nasceu no começo do século XX, em 27 de agosto de 1902, no bairro que é o berço do samba no Rio de Janeiro, Estácio. Estudou engenharia e depois medicina, se tornando médico homeopata que atendia com o nome de Dr. Alberto da Vinha. Mas ficou mesmo conhecido no Brasil por ser um dos mestres da marchinha carnavalesca, sendo que seu principal parceiro foi João de Barro, Braguinha.

 

Alberto Ribeiro é o compositor retratado nesta edição do Estúdio F. Conta a história de um garoto que começou a participar do carnaval ainda nos anos 1920, no Bloco Só de Tanga, do qual era o principal compositor. Nos anos de 1930 se enturmou com a o pessoal da música e teve seu primeiro sucesso gravado por Francisco Alves, a marchinha “Tipo 7”.

 

Fã incondicional do carnaval, é de Alberto Ribeiro marchinhas que se perpetuaram, como “Touradas em Madri”, “Yes, nós temos banana”, “Chiquita Bacana”, “Cadê, Mimi?” e “Balancê”, todas em parceria com João de Barro. Ainda para o carnaval, Alberto Ribeiro é autor de “Cachorro Vira-lata”, “Seu Libório” e “Paris”.

 

A obra do compositor não limita ao carnaval. Um dos sambas-canção mais conhecidos de todos os tempos é de sua autoria com João de Barro, “Copacabana”, lançado nos anos 1940 por Dick Farney. Ele também compôs sambas de cunho social, isso quando não era moda, em 1957, “Agapito”, além do hino dos “Cantores do Rádio”,em parceira com João de Barro e Lamartine Babo.

 

Alberto Ribeiro faleceu aos 69 anos, em 10 de novembro de 1971.

_____________________________________________________________________

Estúdio F – momentos musicais da Funarte
444
Alberto Ribeiro
Quarta-feira, 04 de março de 2020, às 9 e às 17 horas.
Apresentação: Pedro Paulo Malta

O cmais+ é e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.