Ângela Maria

Esta edição focaliza a carreira da cantora que mais gravou discos na história da música brasileira

Eduardo Weber 02/11/11 20:00 - Atualizado em 15/05/14 12:09

Ângela Maria gravou bolero, samba, fado, rock-balada, tango, mas se especializou em samba-canção (Reprodução)

Abelim Maria da Cunha nasceu num distrito de Macaé, Rio de Janeiro, em 13 de maio de 1928. Gostava de cantar e se tornou uma das vozes do coro da Igreja Batista em que seu pai era reverendo, único "palco" permitido pela família para ela soltar a voz.
 
Não deu certo. Descontente, adotou o nome artístico de Ângela Maria para não dar na vista. Passou por programas de calouros, atuou como crooner no Dancing Avenida, foi contratada pela Rádio Mayrink Veiga até se transformar na cantora que mais gravou discos na história da música brasileira, aproximadamente 50, sem contar os compactos simples, discos de 78 rotações e participações em projetos especiais.
 
Esta edição do Estudio F focaliza a carreira da cantora que registrou todos os gêneros: bolero, samba, fado, rock-balada, tango, mas se especializou em samba-canção, no qual empregava uma forte carga dramática e final apoteótico.
 
Paulo César Soares apresenta gravações de todas as fases da carreira de Ângela Maria, seus primeiros passos ao do período de maior sucesso, entre os anos 1950 e 1960, época em que chegou a lançar dois LPs por ano, e sucessos eventuais a partir dos anos 1970, entre eles "Gente humilde" (Garoto, Vinicius de Moraes e Chico Buarque), "Tango pra Tereza" (Jair Amorim e Evaldo Gouveia) e "Começaria tudo outra vez" (Gonzaguinha), gravação ao vivo feita com Cauby Peixoto.
 
O repertório desta edição conta ainda com "Não tenho você" (Paulo Marques e Ari Monteiro), "Balada triste" (Esdras Silva e Dalton Vogeler), "Vida de bailarina" (Américo Seixas e Chocolate), "Lábios de mel" (Waldir Rocha), "Fósforo queimado" (Milton Legey, Paulo Menezes e Lamego) e "Babalu" (Margarita Lecuona).
 
 
_______________

Estúdio F - Momentos Musicais da Funarte
Ângela Maria
 
Apresentado na RCB em 1º de novembro de 2011
Reapresentação: sábado, 5 de novembro, às 7h
Apresentação: Paulo César Soares
Roteiro: Cláudio Felício
Produção: Rádio Nacional/RJ

O cmais+ é o portal de conteúdo da Cultura e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.