Armandinho Macedo

Do bandolim à guitarra baiana. Choro, rock’n’roll, mpb e trio elétrico

Eduardo Weber 09/10/18 16:04 - Atualizado em 09/10/18 16:06

Armandinho Macedo (Divulgação)

Poucos instrumentistas tem a condição de se dar bem em gêneros tão distintos como frevo, choro, samba e rock. Um deles é Armandinho Macedo filho de um dos inventores do Trio Elétrico, Osmar Macedo, que ao lado de Dodô criou o palco ambulante, ainda nos anos 50, que se modernizou, se aperfeiçoou e se multiplicou.

 

Armandinho, nascido em Salvador em 22 de maio de 1953, começou muito cedo na música. Em 1969, por ter tirado o primeiro lugar no programa A Grande Chance da TV Tupi, comandado por Flávio Cavalcanti, gravou seu primeiro disco, que tinha no repertório “Casaco Marrom”, do também baiano Gutemberg Guarabyra.

 

Seu talento fez com ingressasse nos Novos Baianos. Lá criou A Cor do Som que teve carreira independente da trupe a partir de 1976. O grupo se virava no rock’n’roll, mpb, choro, frevo e no que pintasse. Emplacou muitos sucessos nas rádios do país, entre eles “Beleza Pura” (música composta por Caetano Veloso para o grupo), “Abri a porta” (de Dominguinhos e Gilberto Gil) e “Zanzibar” (tema de Armandinho com letra Fausto Nilo). O diferencial do grupo é que ao lado das canções, os temas instrumentais estavam sempre presentes com em “Ticaricuriquetô”.

 

Ao falar do trabalho de Armandinho Macedo, o Estúdio F mostra o lado virtuoso do músico, na guitarra baiana, no bandolim e no bandolim elétrico, surfando com raro apuro nos choros “Odeon”, “Assanhado” e “Lamentos”, no carnaval com a Spok Frevo Orquestra, “Dança do Tempo”, e também em duetos refinadíssimos. Ao lado de Rafael Rabello temos “Santa Morena” (Jacob do Bandolim) e com Paulo Moura, “Águas de Março” (Tom Jobim).

 

Esta edição também focaliza o compositor Armandinho Macedo, que com Moraes Moreira compôs “Bandolim do Jacob” e “Jubileu de Ouro – 50 anos do Trio Elétrico) e com Fausto Nilo, “Zanzibar” e “Vida boa”.

 

_____________________________________________________

 

Estúdio F – momentos musicais da Funarte
371
Armandinho Macedo
Quarta-feira, 10 de outubro de 2018, às 9 e às 21 horas.
Domingo, 14 de outubro, às 15 horas.
Apresentação: Pedro Paulo Malta

O cmais+ é o portal de conteúdo da Cultura e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.