Banda Black Rio

No compasso do movimento Black-Rio

Eduardo Weber 23/07/19 16:46 - Atualizado em 23/07/19 16:49

Banda Black Rio (Divulgação)

Alguns grupos que se tornaram referência na história da música brasileira nasceram em decorrência da indústria do disco, que vislumbrou um nicho de consumo. No caso estamos falando da soul music e do funk, que se tornaram referência mundial da cultura negra nos anos 1970.

 

Em 1976, André Midani, então diretor da WEA no Brasil, pediu para o saxofonista e arranjador Oberdan Magalhães para formar uma banda que atendesse esse novo nicho de consumidores. Nasceu então a Banda Black Rio, que se tornou referência da nossa música instrumental, associando ao samba o balanço do soul, do funk e do jazz. Além de Oberdan, fizeram parte da primeira formação o trompetista Barrosinho, o guitarrista Cláudio Stevenson, o pianista e tecladista Cristóvão Bastos, o contrabaixista Jamil Joanes e ainda Lúcio Trombone e Luiz Carlos Batera. A primeira fase da Black Rio terminou em 1984 em razão da morte de Oberdan Magalhães. O grupo voltou a reunir em 1999, pelo filho de Oberdan, William.

 

O Estúdio F mostra gravações de seis discos da Black Rio: “Maria Fumaça” (1977), “Bicho Baile Show” (1978), “Gafieira Universal” (1978), “Saci Pererê” (1980), “Movimento” (2001) e “SuperNovaSambaFunk” (2011), produção da gravadora britânica Far Out Recordings,especializada em música brasileira. No repertório sucessos como “Maria Fumaça”, “Saci Pererê” (composição de Gilberto Gil dedicada ao grupo), “Isabela” (com participação de Elza Soares) e “Odara” (registro ao vivo com participação de Caetano Veloso).

 

___________________________________________________________

Estúdio F – momentos musicais da Funarte

412

Banda Black Rio

Quarta-feira, 24 de julho de 2019, às 9 e às 21 horas.

Domingo, 28 de julho de 2019, às 15 horas.

Apresentação: Pedro Paulo Malta

O cmais+ é o portal de conteúdo da Cultura e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.