Délcio Carvalho

O poeta das melhores palavras para Dona Ivone Lara

Eduardo Weber 01/03/19 16:02 - Atualizado em 01/03/19 16:05

Delcio Carvalho – 80 anos

 

Ele nasceu no Estado do Rio de Janeiro em Campos dos Goytacazes no dia 09 de março de 1939. O Estúdio F homenageia um dos compositores mais renomados do samba brasileiro que, em 1972, ao ouvir num botequim onde tomava o café da manhã os Originais do Samba cantando “Esperanças Perdidas”, de sua autoria e Adeilton Alves, resolveu: “a partir de agora vou viver só de música”.

 

Delcio Carvalho não só passou a viver da sua arte como produziu grandes sucessos, principalmente com Dona Ivone Lara, entre eles, “Acreditar”, “Sonho meu” “Há música no ar”, “Nasci para sonhar e cantar”, “Minha verdade” e a sua música preferida, “Alvorecer”, lançada por Clara Nunes em 1974 e que deu título ao LP.

 

O compositor que admirava Silas de Oliveira e que foi da ala de compositores da Imperatriz Leopoldinense gravou 11 discos, sendo do primeiro em 1980 “Canto de um povo”. Teve muitos parceiros entre eles, Noca da Portela, Carlos Cachaça, Ivor Lancellotti e Mário Lago Filho, todos retratados no programa.

 

Nesta edição, o Estúdio F traz apresenta gravações com Alcione, Elizeth Cardoso, Maria Bethânia e do próprio Delcio Carvalho, além do registro de Mariana Baldar da primeira música do compositor, uma toada que ele criou aos 14 anos de idade: “Maldita cancela”.

 

Delcio Carvalho faleceu no Rio e Janeiro aos 74 anos, no dia 12 de novembro de 2013.

 

_____________________________________________________

Estúdio F – momentos musicais da Funarte

392

Delcio Carvalho

Quarta-feira, 06 de março de 2019, às 9 e às 21 horas.

Domingo, 10 de março de 2019, às 15 horas.

Apresentação: Pedro Paulo Malta

O cmais+ é o portal de conteúdo da Cultura e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.