Dori Caymmi

“O Brasil não é o país que me prometeram quando criança”.

Eduardo Weber 19/08/20 10:05 - Atualizado em 19/08/20 10:08

Dori Caymmi (Ensaio em 1993) (Foto de Jair Bertolucci - CEDOC FPA)

A clã Caymmi é uma das mais importantes na história da música popular brasileira. Está na terceira geração. O patriarca é Dorival Caymmi. Depois vieram os filhos Nana, Dori e Danilo. E agora as netas... O Estúdio F destaca o músico que durante quase 30 anos morou nos Estados Unidos, atuando como compositor e arranjador: Dori Caymmi.

 

Dorival Tostes Caymmi nasceu no Rio de Janeiro em 26 de agosto de 1943. Estudou piano, teoria musical e acabou tendo no violão seu principal instrumento. No inicio da carreira foi autor de trilhas sonoras e diretor musical do show “Opinião” (um dos marcos do teatro de protesto), além de concorrer e vencer festivais, entre eles o 1º. FIC – Festival Internacional da Canção com “Saveiros” (feita com Nelson Mota). Depois vieram as direções das trilhas sonoras da novela “Gabriela” e do seriado Sítio do Pica-Pau Amarelo.

 

Ao prestar homenagem aos 77 anos do compositor, esta edição mostra a trajetória de Dori Caymmi no Brasil e no exterior, onde atuou com Al Jarreau e Sarah Vaughan.  No repertório, clássicos criados pelo compositor, entre eles “O Cantador” (com Nelson Motta), “Evangelho” (com Paulo César Pinheiro) e “Saudade de Amar”, outra parceria com Paulo César Pinheiro, vencedora do Grammy Latino de 2002, como a melhor canção brasileira.

_____________________________________________________________________

Estúdio F – momentos musicais da Funarte

364

Dori Caymmi

 

Quarta-feira, 19 de agosto de 2020, às 17 horas.

 

Apresentação: Pedro Paulo Malta

O cmais+ é e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.