Moacyr Luz - 60 anos

Ele é a cara do Rio de Janeiro

Eduardo Weber 27/03/18 17:26 - Atualizado em 27/03/18 17:29

Moacyr Luz (Divulgação)

Ele comemora no dia 05 de abril 60 anos. Andarilho da cidade, frequentador das entranhas dos botequins cariocas e camisa 10 de tantas rodas musicais, Moacyr da Luz da Silva é nosso homenageado.

 

O Estúdio F conta a história deste compositor, cantor e violonista que é tido como a ‘cara do Rio de Janeiro’, por fazer sambas inspirados no modo de vida carioca e na sua cidade sua cidade-musa.

 

O programa revela as principais parceiras de Moacyr Luz, dando destaque para o letrista mais constante de suas melodias, Aldir Blanc, com quem compôs “Todos os mares”, “Coração do agreste”, “Vitória da ilusão” e “Pra que pedir perdão”, todas incluídas no repertório do programa.

 

Paulo César Soares também traz uma seleção de gravação feitas por Gilberto Gil (“Mico preto”), Beth Carvalho (“Saudades da Guanabara”) e a cantora Lana Bittencourt, a primeira intérprete do compositor, em 1979, com o bolero “Eu me descubro”.

 

Nesta homenagem a Moacyr Luz, uma visão de sua atuação como promotor de eventos que deram ao samba uma nova dimensão, como os projetos Samba do trabalhador e as rodas de samba que promove em espaços do Rio de Janeiro, rodas essas que ele considera como sendo “o novo rádio”, pela divulgação e projeção que esses encontros dão ao samba.

 

_____________________________________________________

 

Estúdio F – momentos musicais da Funarte
343
Moacyr Luz
Quarta-feira, 28 de março de 2018, às 9 e às 21 horas.
Domingo, 01 de abril, às 15 horas.
Apresentação: Paulo César Soares.

O cmais+ é o portal de conteúdo da Cultura e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.