Velha Guarda da Portela

“Estamos velhos, mas ainda não morremos” (Francisco Santana)

Eduardo Weber 19/02/19 14:00 - Atualizado em 19/02/19 14:02

A Velha Guarda da Portela (Descrição)

A história do grupo que começou graças a um jovem de vinte e poucos anos que no início dos anos de 1970 acreditava que os mais velhos tinham muito a oferecer e, por isso, organizou uma turma de cantores, ritmistas, músicos e pastoras para reproduzir em disco o que eles faziam em quadra e na avenida.

 

Nasceu então por iniciativa de Paulinho da Viola a Velha Guarda da Portela, com Aniceto da Portela, Mijinha, Manacéia, Alberto Lonato, Ventura, Alvaiade, Chico Santana, Antônio Rufino, Alcides Dias Lopes (mais conhecido por Alcides Malandro Histórico), Armando Santos, Antônio Caetano, João da Gente, Ventura e as pastoras Iara e Vicentina.

 

O Estúdio F, ao contar a história desses sempre renovados veteranos do samba, mostra as várias formações da Velha Guarda da Portela teve ao longo de quase 50 anos de atividades. Nesse período foram lançados discos próprios, realizados shows, turnês e participações especiais ao lado de nomes como Marisa Monte (grande incentivadora do grupo e produtora do CD “Tudo Azul”), Paulinho da Viola e Zeca Pagodinho.

 

Este especial relembra homenagens feitas à escola por meio de composições como “Portela na Avenida”, “Foi um rio que passou em minha vida” e “De Paulo da Portela a Paulinho da Viola”.

 

____________________________________________________________

Estúdio F – momentos musicais da Funarte

390

Velha Guarda da Portela

Quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019, às 9 e às 21 horas.

Domingo, 24 de fevereiro de 2019, às 15 horas.

Apresentação: Pedro Paulo Malta

O cmais+ é o portal de conteúdo da Cultura e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.