Wando

Simpatia, romantismo e popularidade

Eduardo Weber 02/10/18 12:52 - Atualizado em 02/10/18 12:53

Wando (Divulgação)

A crítica nem sempre foi favorável ao cantor Wando. Rotulado de brega, ele se queixava que nomes importantes da MPB também faziam música romântica. A verdade que ele foi um dos grandes vendedores de discos no Brasil, notadamente nos anos 80 e 90: 10 milhões de exemplares, segundo algumas estimativas.

 

Wanderlei Alves dos Reis nasceu em 02 de outubro de 1945 na mineira Arraial de Bom Jardim. Estudou violão clássico, formou seu primeiro grupo, Os Escaravelhos, na cidade de Congonhas do Campo e se decidiu pela música em definitivo no início da década de 70, vindo morar em São Paulo à procura de artistas e produtores musicais. A estratégia deu certo. Seu primeiro compacto simples data de 1972 com a música “Caminhante – Mensagem”. Foi gravado em seguida pelos Originais do Samba (“Ao velho poeta, Pixinguinha”) e logo em seguida por Jair Rodrigues, que regravou seu samba que virou marca do carnaval de 1974: “Importante é ser Fevereiro”.

 

O Estúdio F traça a trajetória de Wando, cujas primeiras músicas tinham cunho religioso, depois balançavam no ritmo do samba (“Samba é Aleluia”) e depois passaram para o gênero que o marcou, a música romântica, com pitadas eróticas e que levavam o público feminino ao delírio, “Moça”, “Chora coração”, “Fogo e Paixão”, “Coração aceso” ...

 

Ao destacar a obra do cantor, o programa apresenta registros que fogem de seu repertório convencional. Tem música de cunho social (“Presidente da Favela”), canção afro-brasileira (“Nega do Abaluaiê”), parceria com Chico Anísio (“Safada”), tema de filme dos Trapalhões (“Ciranda do mar”) e música gravada por Roberto Carlos (“A menina e o poeta”).

 

______________________________________________________

 

Estúdio F – momentos musicais da Funarte
370
Wando
Quarta-feira, 03 de outubro de 2018, às 9 e às 21 horas.
Domingo, 07 de outubro, às 15 horas.
Apresentação: Pedro Paulo Malta

O cmais+ é o portal de conteúdo da Cultura e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.