10 anos sem Dorival Caymmi

Esta edição do Programa do Estudante homenageia o cantor e compositor baiano que influenciou gerações de artistas

15/10/18 13:43 - Atualizado em 15/10/18 13:45

 

Esta edição do Programa do Estudante – 2018 homenageia o cantor e compositor baiano Dorival Caymmi, falecido há 10 anos. Cronista de seu povo e de seu tempo, como descreve Nelson Motta no livro 101 Canções que Tocaram o Brasil, Dorival Caymmi influenciou gerações de artistas. “Não é um grande repertório em números, são 120 músicas, aproximadamente, mas todas com uma grande intensidade, tudo muito bem feito”, diz o filho Danilo Caymmi.

 

Com raízes no rap e no hip-hop, o músico Bernardo Santos, o BNegão, se viu à deriva ao navegar pelar mar de Dorival, quem considera o “grande avatar da música brasileira”. A audição do disco “Caymmi e Seu Violão”, ainda na juventude, provocou sensações nunca antes experimentadas. Neste ano, BNegão e o violonista Bernardo Bosisio homenagearam Caymmi em apresentações que reuniram seu repertório.

 

A influência de Dorival Caymmi está presente no álbum de estúdio “Lição 2: #Dorival”, recém-lançado pelo conjunto Quartabê, formado por Mariá Portugal, Joana Queiroz, Maria Beraldo e Chicão. “As canções não estão na superfície, mas nas profundezas do disco”, comenta a baterista Mariá Portugal.

 

O grupo vocal Equale também faz sua homenagem com o disco “Na Praia de Caymmi”. O arranjador Flávio Mendes revela a admiração pelo artista: “A bossa-nova foi um furacão, de uma hora pra outra ela fez tudo ficar velho, mas Caymmi foi um dos poucos compositores que o pessoal respeitou muito”.

O cmais+ é o portal de conteúdo da Cultura e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.