Adriana Sanchez, Abacaxepa, Letícia Persiles e Tibério Azul

“Tem forró para encerrar o mês de São João, Santo Antonio e São Pedro”.

Eduardo Weber 26/06/20 14:19 - Atualizado em 26/06/20 14:23

Capas dos álbuns (Divulgação)

Do ABC paulista a sanfoneira e cantora Adriana Sanchez presta homenagem a um dos principais nomes da música brasileira, em especial a nordestina. O CD “Salve Lua” é uma homenagem a Luiz Gonzaga, feita pela artista que estudou piano, mas se encantou pelo acordeom ao participar do grupo Barra de Saia. De Gonzaga e Humberto Teixeira ela deixa registrado “Baião” e “Qui nem jiló”. Ainda tem “Xote das meninas”, de Luiz Gonzaga e Zé Dantas.

 

A banda Abacaxepa passou pelo programa no ano passado e levou o Troféu Cata-Vento na categoria pop. A turma apareceu em 2016 no curso de teatro da Escola Superior de Artes Célia Helena de forma despretensiosa. Bebem de referências brasileiras, especialmente da Tropicália. Formada por Bruna Alimonda, Carol Cavesso, Rodrigo Mancusi, Fernando Sheila, Juliano Veríssimo, Ivan Santarém e Vinicius Furquim lançam o CD “Caroço”, que tem no repertório “Xepa”, “Pimenta” e “Olhos da cidade”.

 

A atriz e cantora Letícia Persiles começou a carreira cedo, aos 11 anos. No Teatro atuou em praças, ruas, palcos e televisão, interpretando personagens de Molière e Nelson Rodrigues. Na música, prepara seu segundo disco, “O baile das andorinhas”. As primeiras faixas lançadas você ouve nesta edição; “Boca de mar” e “Trem fantasma” (ambas de sua autoria) e “Caravana”, de Geraldo Azevedo e Alceu Valença.

 

De Pernambuco temos Tibério Azul: “Líquido”. Título presente também no livro de poesia lançado no mesmo momento. No caso do livro, o subtítulo é “O homem que nasceu amanhã”. No disco, “A vida pede mais abraço que razão”. Os subtítulos viraram música, assim como a música “Líquido” virou título do disco e do livro. Vale ouvir “Líquido”, “A vida pede mais abraço que razão” e “O homem que nasceu amanhã”.

______________________________________________________________________

Solano Ribeiro e a nova música do Brasil.

Domingo, 28 de junho de 2020, às 18 horas.

Reapresentação: segunda-feira, 29 de junho de 2020, às 9 e às 17 horas.

Cultura FM – Domingo, 28 de junho de 2020, às 23 horas.

Apresentação: Solano Ribeiro

 

Direção: Eduardo Weber

Estágio em produção: Anna Dória

O cmais+ é e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.