Chico Teixeira, Baiana System & Buguinha Dub, Mateus Aleluia e Luiza Lian

“Preciosidades, releituras e afinidades”

Eduardo Weber 05/06/20 13:58 - Atualizado em 05/06/20 14:05

“Ciranda de destinos” é o quarto trabalho de Chico Teixeira, violonista e compositor filho de Renato Teixeira. Esse trabalho faz releitura de vários gêneros da música brasileira. Da música erudita, apresenta versão para o “Trenzinho do Caipira”, das “Bachianas Brasileiras np.2”, de Heitor Villa-Lobos. Do samba canção, “No Rancho Fundo”, uma das oito parceiras de Lamartine Babo e Ary Barroso. E da música regionalista gaúcha, “Negrinho do Pastoreio”, do folclorista e compositor Barbosa Lessa, tema lançado por Inezita Barroso nos anos de 1960.

 

Vencedor do Grammy Latino, o álbum “O Futuro não Demora” do Baiana System ganha versão dub, técnica de mixagem criada na Jamaica com ênfase nos reverbs e delays por Buguinha Dub, que já realizou trabalhos com a Nação Zumbi, os Racionais MC’s e Black Alien. Do disco “Futuro Dub”, Solano Ribeiro destaca as faixas “Água adubada”, com Antonio Carlos & Jocafi, “Navio adubado” e “Sulamericano adubado”.

 

Mateus Aleluia é cantor e compositor que fez parte da formação original do trio “Os Tincoãs”, que exaltava a musicalidade das religiões de matriz afro, os cantos e as poesias. Depois de morar por quase 20 anos em Angola realizando pesquisa cultural para o governo, Mateus, aos 76 anos, apresenta o CD “Fogueira doce”, com músicas de sua autoria, entre elas a faixa título, “Vem dizer tchau” e “Bahia bate o tambor”.

 

O CD “Azul moderno” é assinado por Luiza Lian. A cantora diz que esse trabalho é o fim da primeira fase da sua carreira. Começou a ser composto no fim do ano de 2015, quando de uma viagem com amigos para Mututu, interior de Minas Gerais. Desse disco estão incluídas as faixas “Vem dizer tchau” (dela e Leda Cartum), além de duas que ela assina sozinha: “Azul moderno” e “Mil mulheres”.

 

______________________________________________________________________

Solano Ribeiro e a nova música do Brasil.

Domingo, 07 de junho de 2020, às 18 horas.

Reapresentação: segunda-feira, 08 de junho de 2020, às 9 e às 17 horas.

Cultura FM – Domingo, 07 de junho de 2020, às 23 horas.

Apresentação: Solano Ribeiro

 

Direção: Eduardo Weber

Estágio em produção: Anna Dória

O cmais+ é e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.