Desta vez, a vez dos instrumentos

Quem toca, toca. Lourenço Rebetez, Ricardo Herz Trio, Leo Maier e Hamilton de Holanda estão no programa de Solano Ribeiro.

Eduardo Weber 27/03/17 11:49 - Atualizado em 27/03/17 11:52

Lourenço Rebetez, Ricardo Herz, Leo Maier, Hamilton de Holanda.

“Neste canto ninguém canta. Por aqui você vai ouvir sons de quem toca e encanta. Música de músicos de todos os cantos em seleção de estilos e tendências a celebrar sentidos e sentimentos”.

É assim que Solano Ribeiro inicia o programa que abre com Lourenço Rebetez, com temas autorais do CD “O Corpo de Dentro”, entre eles “Abertura – o avesso das coisas” e “Interlúdio 2 – supernova”. Lourenço é guitarrista, arranjador e compositor. Estuou nos Estados Unidos. Formou-se em composição de jazz. Seu primeiro disco tem influência do trabalho de Letieres Leite, criador da Orkestra Rumpilezz, com naipes de metais que lembram sua ascendência baiana.

Ricardo Herz é violinista e compositor. Estudou nos Estados Unidos e França. Na Europa deu aulas de violino e de música brasileira. Comanda o Ricardo Herz Trio, que conta com Michi Ruzitschka (violão de sete cordas) e Pedro Ito (bateria e percussão). Seu novo disco se inspira em temas brasileiros, árabes, africanos e do jazz europeu. “torcendo a terra” (título propositalmente escrito em letras minúsculas) conta com música de Ernesto Nazareth (“Atlântico”), “torcendo da terra” (dele) e “Ladeira da Pilha”, composta com Michi Ruzitschka.

De Blumenau, o blues. Leo Maier é guitarrista e compositor. O rock’n’roll foi sua primeira influência e assim iniciou a carreira aos 16 anos tocando em bandas da cidade catarinense. Segue carreira solo desde 2010. Lança seu terceiro disco, “I Choose the Blues”, com músicas instrumentais assinadas pelo próprio Leo Maier: “Blumenau Boogie”, “We miss the King – BB King Tribute” e “Good luck Socks”.

Já são 31 discos gravados. Hamilton de Holanda apresenta o CD “Alegria”, ao lado da Orquestra do Estado de Mato Grosso regida por Leandro Carvalho. Um trabalho focado na criança, como na “Suíte Alegria”, escrita para orquestra e bandolim de 10 cordas pelo próprio instrumentista. Solano Ribeiro mostra na íntegra essa obra dividida em três partes: “Corre-corre no Parquinho”, “Dorme com os Anjos” e “Vida, Alegria e Esperança”.

Solano Ribeiro e a nova música do Brasil.
Domingo, 26 de março de 2017, 14h00min.
Segunda-feira, 27 de março de 2017, às 9 e às 21 horas.
Na Cultura FM – Domingo, 26 de março, às 23 horas.
Apresentação: Solano Ribeiro
Direção: Eduardo Weber
 

O cmais+ é o portal de conteúdo da Cultura e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.