Jorge Pescara, Dani e Débora Gurgel, Saulo Fietz e Wado

De quatro cantos deferentes, a música de quem faz acontecer

Eduardo Weber 25/04/19 12:38 - Atualizado em 25/04/19 12:40

Jorge Pescara, Dani e Débora Gurgel, Saulo Fietz e Wado (Divulgação)

Jorge Pescara, Dani e Débora Gurgel, Saulo Fietz e Wado

 

Baixista da cantora Itamara Koorax, Jorge Pescara tem grande experiência, com apresentações ao lado de importantes instrumentistas como Dom Um Romão, Oscar Castro Neves, Luiz Bonfá, Eumir Deodato e Paulo Moura. Trabalhou com o guitarrista japonês Marmou Morishita e ao lado de compositores portugueses. Lança seu terceiro disco por um selo de jazz, combinando elementos do rock, pop, funk, blues e música brasileira numa fusão inovadora: “Grooves in the Eden”. No repertório tem a faixa título, outra assinada por Gaudêncio Thiago de Melo (“Song or the exile”) e uma da dupla John Lennon e Paul McCartney: “Came Together”.

 

Mãe e filha outra vez em novo lançamento “Rodopio”. Dani e Débora Gurgel com novo trabalho que marca a consolidação de Dani como cantora e compositora, tendo como companhia o grupo DDG4, grupo no qual Dani Gurgel é a vocalista, Débora está ao piano, Sidiel Vieira, no contrabaixo, e Thiago Rabello, na bateria. “Nó de Viajante” e “1-7-1” são de mãe e filha. “Outras notícias da praça” é composição de Débora Gurgel, Vinicius Calderoni e Tó Brandileone.

 

Do projeto “Escuta a som do Compositor” realizado na galeria porto-alegrense La Photo chega o disco “Hoje eu vejo” do cantor e compositor Saulo Fietz, que aos 18 anos foi chamado para compor a trilha sonora de “Dá um tempo”, dos diretores Evandro Berlesi e Rodrigo Castelhano. O disco que Solano Ribeiro destaca no programa é o segundo da carreira de Saulo. “Volta” (Everton Pires / Saulo Fietz), “Olha” (Saulo Fietz) e “Hoje eu vejo” (Alexandre Ferret / Saulo Fietz) foram escolhidas para esta edição.

 

Wado é cantor e compositor catarinense radicado em Maceió. Desde 2010 passa pelo programa de vez em quando. Nunca se atrelou a um único gênero e brinca com as fronteiras do pop, do rock, do samba e até do funk carioca. No seu nono disco, mergulhou de vez nas levadas suingada do axé. Por isso mesmo, o título do disco, “Ivete”, remete a um ícone do gênero, a cantora Ivete Sangallo. Vale conferir “Sexo” (Wado / Thiago Silva), “Amanheceu” (Wado / Beto Brito), “Um passo à frente” (Moreno Veloso / Quito Ribeiro) e “Mistério” (Wado / Zeca Baleiro).

 

___________________________________________________________________________________________

Solano Ribeiro e a nova música do Brasil.

Domingo, 28 de abril de 2019, às 14 horas.

Reapresentação: segunda-feira, 29 de abril de 2019, às 9 e às 21 horas.

Cultura FM – Domingo, 28 de abril de 2019, às 23 horas.

Apresentação: Solano Ribeiro

Direção: Eduardo Weber

O cmais+ é o portal de conteúdo da Cultura e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.