Júlio Santin, Aline Reis, Cadillac Dinossauros e Alberto Salgado

Uma edição que passa pela viola caipira até chegar ao rock pesado

Eduardo Weber 28/08/17 12:30 - Atualizado em 28/08/17 12:37

Júlio Santin, Aline Reis, Cadillac Dinossauros e Alberto Salgado

Júlio Santin, Aline Reis, Cadillac Dinossauros e Alberto Salgado

 

O violeiro Júlio Santin é da região da Alta Paulista de São Paulo. Médico, aprendeu a tocar e fabricar seus instrumentos, além de colaborar ativamente na promoção e preservação da música caipira de sua região. Solano mostra “Irapuru”, “Sentimento Matuto” e “Do jeito que é feito”, temas assinados por Júlio Santin no CD “Sentimento matuto – viola caipira instrumental”.

 

Aline Reis é uma nova voz que aparece por aqui acompanhada por Ricardo Herz, Benjamim Taubkin, Swami Jr., Dante Ozzetti e outros mais. Compositora e intérprete lança CD “Aline Reis”, com “Confrontos”, “Acorda Alice”, “Joaninha” e “Palavras”, todas de sua safra.

 

David Barros, Hugo Alex e Billy Jose formam um grupo que sem medo de dar a cara à tapa não fica na zona de conforto e aparece com rock pesado em músicas do trio, Cadillac Dinossauros. O primeiro disco tem título de “Preto Branco”. “Androide”, “O fim” e "Domínio no mal” estão no repertório.

 

Uma voz chega de Brasília com formação autodidata em música erudita e violão clássico. Ele é Alberto Salgado, brasiliense que mostra inquietação transparente e presente em seu trabalho musical, como na música “Quem foi?”, dele e Rafael Miranda. “Cabaça d’água”, faixa título, e “Ói” também estão no roteiro do programa.

O cmais+ é o portal de conteúdo da Cultura e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.