Davi Kopenawa e a Terra-Floresta Yanomami

Xamã e ativista político em programa que encerra 2018

27/12/18 14:24 - Atualizado em 27/12/18 14:26

 

Claudia Andujar: a jovem Susi Korihana thëri em um igarapé, Catrimani, RR, 1972-1974. Detalhe da imagem em exposição até 7 de abril de 2019 no IMS/SP.

Ele é um pensador e uma das mais importantes lideranças indígenas que, ao lado de Claudia Andujar, lutou pela permanência do povo Yanomami. Por ocasião da abertura da exposição “Claudia Andujar – A Luta Yanomami”, em cartaz no Instuto Moreira Salles, SP, Davi Kopenawa encontrou Arrigo Barnabé para uma conversa de fechamento de ano.

A retrospectiva da artista e fotógrafa-ativista revê em 300 imagens uma estreita relação iniciada há 4 décadas. Esta edição gravada em 14 de dezembro de 2018, conta com a participação do curador Thyago Nogueira, que também coordena a área de fotografia contemporânea no IMS.

Em citação: “Reahu He A – Cantos da Festa Yanomami” (CD da Hutukara Associação Yanomami/Som das Aldeias, 2005). “A Queda do Céu – Palavras de um Xamã Yanomami”, de Davi Kopenawa e Bruce Albert (Cia das Letras, 2015) e “Claudia Andujar – A Luta Yanomami”, catálogo da exposição organizado por Thyago Nogueira (IMS, 2018).

O cmais+ é o portal de conteúdo da Cultura e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.