Supertônica: Chorando com Izaías do Bandolim

Emblemático bandolinista e a memória do choro em SP

03/09/18 19:01 - Atualizado em 03/09/18 19:02

Adolescente, ele volta pra casa depois de um habitual dia de trabalho no centro da capital paulista. Ao descer do ônibus, escuta um som que o hipnotiza diante tamanha beleza. Logo, ele percebe que a música vem de sua casa. Com as caixas acústicas voltadas pra rua, é a mãe, que o espera ao som de Jacob do Bandolim.

 

Esta suposta cena de filme é, na realidade, uma das lembranças mais vivas na memória de Izaías Bueno de Almeida, Izaías do Bandolim. Seus pais foram os maiores incentivadores para que, ainda garoto, se iniciasse na música. E assim se deu. O menino passou a tirar músicas de ouvido, frequentar as rodas de choro, admirar os grandes mestres. Izaías do Bandolim nunca mais se separou da música (concertos, gravações e programas de TV) ligando seu nome a um dos mais emblemáticos conjuntos de choro de São Paulo – Izaías e seus Chorões.

 

Nesta edição transmitida em setembro de 2018, Izaías conta um pouco das memórias do choro paulista – do rádio, das rodas, da TV, além das histórias de sua família e de seus parceiros.

O cmais+ é o portal de conteúdo da Cultura e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.